Histórias com Rui Tovar

É um choque saber que Rui Tovar desapareceu fisicamente da nossa realidade. No nosso lugar especial, o
dos amigos, ficará para sempre.
Conheci o Rui por ser marido da minha querida editora na altura, Maria João Lourenço. A amizade foi tão simples...
Depois, precisei muito da sua ajuda, pois teria de escrever 7x11, histórias do futebol  e, embora goste de ver e perceba o jogo, não sabia nada das histórias da vida da selecção nacional. Explicado como funcionava o livro, ou seja, histórias contadas por 7 objectos ligados ao futebol, o Rui disse que ia escolher os jogos.
Foi aí que se deu a magia: para cada objecto que eu seleccionara, havia um jogo para o deixar falar, ao objecto, na primeira pessoa. Por fim, sobrou-nos uma luva de guarda-redes e o Euro 2004. Foi evidente para ambos que, embora pudéssemos falar dos jogos com a Grécia, o certo seria contar a história das luvas de Ricardo, no momento de defender os penalties contra a Inglaterra. O livro estava pronto! A Inês do Carmo fez as ilustrações maravilhosas. Perfeito!
Sinto, de certa forma, que guardei um pedacinho de Rui Tovar comigo, no prefácio, no livro.
Obrigada, amigo.

Sem comentários: