De Nome, Esperança no Top Barata



Nº 1 no Top da Barata!!!



10 comentários:

Anónimo disse...

gostei muito de estar com a margarida, e uma pessoa espectacular e sabe como entreter gente da joventude de uma forma muito " fixe".


ass:aluna da escola secundaria jorge peixinho.

Margarida Fonseca Santos disse...

Obrigada! E eu gostei mesmo de estar convosco. É uma escola cheia de pessoas especiais. Um grande beijinho

Tomás disse...

Muitos parabéns!
A Esperança foi um ponto muito alto da tua carreira!
Só ouvi dizer bem do livro... Ainda não comecei a ler. Sorry! Mas vou esforçar-me para o perceber e apreciar...
Desejo-te muitas mais estadias nos tops (porque nos corações já tens muitas).
Beijinhos!

Margarida Fonseca Santos disse...

Obrigada, Tomás!
Tenho recebido tantas mensagens sobre este livro - mexeu mesmo com as pessoas. Estou muito feliz.
Deixo-te um enorme beijo
(e lê só quando sentires que é altura, não antes...)
Margarida

Tomás disse...

Não percebeste, comigo é muito mais simples - não leio quando sentir que é altura, leio quando acabar de ler Oníris! :P
É que os livros fazem fila de espera... XD
Muitos beijinhos!

Margarida Fonseca Santos disse...

Fazes muito bem!!! Oníris é uma leitura incortonável... força!!!
Beijinhos enormes

Raquel disse...

pois é, o Tomás ainda não leu tudo.... outro dia (depois de muitos dias sem falarmos - adivinha porquê...) estávamos no chat e eu disse que a minha DT tinha pedido uns textos, um deles para descrevera um local não usando a visão ou quase não usando, e eu aproveitei uma cena de Oníris, só que é do 3º livro... como pensava que ele já tinha lido tudo disse que era a cena em que tal e tal e depois ele assim: o quê?? isso acontece? disse uma coisa do género mas não vou dizer exactamente porque pode haver mais alguém que não tenha lido tudo e não quero dar mais pistas ao Tomás... conclusão: coitado, estraguei-lhe a leitura.... xD

beijinhos!

p.s.: parabéns Margarida! :D
p.p.s.: depois mando-vos uns desses textos e outros por mail ;D já acabaram os testes, embora não tenham acabado os trabalhos, que, como de costume, sou sempre eu a fazer :P

Margarida Fonseca Santos disse...

Ó Raquel, então foste desassossegar o Tomás? Coitado... bjs gds

São disse...

De Nome, Esperança... De uma intensidade inquietante que, através de um jogo estrutural fantástico, nos transporta para outro(s) universo(s) que não podem continuar a ser injustamente ignorados! Profundo e com uma beleza de palavras que nos empurra para trás e para a frente, porque nos apetece continuar a ler e a reler! ADOREI! Muitos parabéns!Bjk (São)

Margarida Fonseca Santos disse...

Querida, São, obrigada! As suas palavras são bem importantes para mim. Leu a Esperança com essa sua ternura, vê-se. Um grande beijinho