Tomar! Aqui vamos nós!!!







Dá para perceber que está tudo prontinho para nos receber, não é?
E nós estamos ansiosas por lá chegar!
Beijinhos a todos!

20 comentários:

Margarida Fonseca Santos disse...

Dália, só tu...
Obrigada por tudo. Sabemos que vai ser mesmo especial!
Bjs gds

Prof. Dália Santos disse...

Que bom ver o destaque que deste a esta vossa visita à nossa Escola dos Templários!!!
Acredita que tudo foi pensado com muita antecedência e preparado para vos receber como merecem!... Sabemos bem o privilégio que é ter esta dupla de sucesso, AO MESMO TEMPO, numa escola! Os miúdos estão encantados com as obras e estudaram-nas "à séria", com os professores! Não posso adiantar mais nada porque tenho o compromisso com todas as turmas de guardar segredo... só posso dizer que haverá surpresas... AGRADÁVEIS!!!
Estamos TODOS à vossa espera, de braços e coração abertos!
E, como tu gostas de dizer, "até quase já"! ;)
Beijinhos para ti e para a Rita!

Margarida Fonseca Santos disse...

Sim... ATÉ QUASE JÁ!

manuel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
manuel disse...

Margarida, adorei o dia passado na sua companhia e da Rita. Acredite que hoje me ensinou como realmente contar uma historia. Obrigada pela vossa presença na nossa escola
Patricia Costa ( staf)

Margarida Fonseca Santos disse...

Ai, Patrícia, nem sei que lhe diga! Dias como o de ontem marcam-nos, fazem-nos acreditar nas pessoas, no carinho, na força que temos por dentro.
Contar a partir do coração é uma coisa extraordinária - leva-nos até aos outros e tudo se transforma. Mas acredite numa coisa - tínhamos um ambiente tão especial à nossa volta que não poderia ter corrido de outra forma. Obrigada pelo carinho, pelo entusiasmo, pela partilha. E pode ter a certeza de que a experiência nos marcou como pessoas e como contadoras.
Um grande beijinho

Prof. Dália Santos disse...

Hoje, por não ter descido ainda à terra, só posso dizer um sincero OBRIGADA, com toda a humildade e com a voz do coração!
O dia de ontem ficará para sempre na memória!
Bem hajas

Margarida Fonseca Santos disse...

Minha querida amiga Dália, nós é que temos de te agradecer tudo o que fizeste: o profissionalismo na organização e no trabalho com os miúdos e a escola, o carinho e o cuidado com que nos recebeste, acompanhaste e ajudaste, e tudo o que aconteceu por causa de tudo isto. És uma pessoa invulgar. O mundo seria bem diferente se houvesse mais pessoas como tu. Que bom ter-te conhecido um dia!
Um beijo enorme!!!

Prof. Dália Santos disse...

Minha querida Margarida, MUITO OBRIGADA!... Tu e a Rita, enquanto escritoras fantásticas e enquanto seres humanos excepcionais, merecem todo o esforço, todo o respeito e todo o empenho! Não fiz nada de extraordinário, dadas as vossas características... Acreditem que me sinto muito feliz e honrada por ter tido o privilégio de organizar a vossa visita e o serão de contos em Tomar, ajudada por todos os que estiveram convosco!
Esta foi a minha estreia na organização de uma visita de autor (enquanto professora bibliotecária...) Que bom ter sido convosco: o coração bateu ainda mais forte, dados os laços que me unem a vós e à vossa obra (da qual sou fã assumida e incondicional!...) Obrigada pela verdade, pela sensibilidade, pelo modo como nos encantaram e como nos envolveram! De facto, aliar a criatividade e o profissionalismo à nobreza de carácter torna-vos ainda MAIORES!... São um exemplo! Nós, leitores, é que ganhamos!!!...
Obrigada pela vossa dedicação, pelo vosso esforço de trabalhar o dia inteiro (manhã, tarde e noite) tanto mais que era o final de uma intensa semana e, sobretudo, o final de mais um ano lectivo!
Foram fantásticas e cativaram os corações de todos aqueles que estiveram convosco! GRANDE DIA! OBRIGADA!
Hoje e ontem ouvi coisas muito bonitas e muito especiais acerca da vossa vinda a Tomar ditas por pessoas diferentes, umas que encontrei por acaso na rua e outras que fizeram questão de me telefonar (pedi-lhes que viessem aos blogues e que deixassem comentários porque "há coisas que têm de ser partilhadas" e nos locais certos).
Antes de enviar este já longo comentário, tenho que dizer que, para mim, a promoção da leitura, do livro e dos autores tem que ser necessariamente assim... É preciso dar a conhecer as obras e a pessoa que está por detrás, trabalhá-las "a sério", envolver os alunos, deixá-los receptivos antes da visita, "espicaçar-lhes" a curiosidade e, sobretudo, fazer-lhes sentir que os autores merecem o nosso respeito e que, quando nos dão o privilégio de virem a "nossa casa", o mínimo que podemos fazer é conhecer bem as obras... Na minha perspectiva, assim se "constrói" o leitor, assim se promove a literacia da leitura, assim se desenvolve a escrita... assim sentimos que ser humano faz bem!!!...
Um abraço forte!

Margarida Fonseca Santos disse...

Só posso acrescentar que, fazer visitas a escolas e contar nas condições que nos foram oferecidas em Tomar, mexe cá dentro e faz-nos sentir como tudo vale a pena.
Obrigada por seres como és, por mobilizares tudo à tua volta como fazes, por nos dares o privilégio de sermos tuas amigas.
Um grande beijinho

Carla disse...

E ainda bem que vieram!

Estou a devorar tudo o que existe de Margarida e de Rita cá em casa :-)

Obrigada pela forma como nos contagiam com o vosso modo de contar histórias.

P.S. Para já, adorei o Escaravelho, o Presente Especial... seguem-se O Peixe Azul, o N.º 11 e o Degrau de Cima, boa?!... Já me disseram que, por este andar, vou-me viciar :-)
Carla Santos (Mekinha da...?) ;)

Margarida Fonseca Santos disse...

UI, ui!!! Estou a ver que sim...
Muito obrigada. Foi tão bom! (e continua a ser, pois as mensagens nos blogues e no facebook não têm parado!)
Até breve... que também fiquei viciada na malta de Tomar!
Bjs gds

Prof. Dália Santos disse...

Ora, ora ora... a minha irmã também já foi contagiada pela "Virose Margarida e Rita"... (cuidado, Mekinha, pode ser uma doença que te acompanhará toda a vida... a mim dizem-me que não há cura para o meu caso!) :)
Margarida, pela pilha de livros que está na mesa de cabeceira dela, asseguro-te que conquistaram uma leitora! Vocês e os vossos livros têm esse poder encantatório!... e não foi só a minha irmã... a "malta de Tomar" está ao rubro: miúdos e graúdos! Vão ter que cá voltar... "desenrasquem-se" ;)

Margarida Fonseca Santos disse...

Sim, já percebemos! A malta desenrasca-se com gosto. Voltamos, também nós, ao rubro! Quem sabe? Até podemos fazer aí um lançamento do segundo livro... Eheh...
A tua Mekinha é um doce!
Bjs enormes para as duas

Prof. Dália Santos disse...

Não me provoques... sabes bem que eu não recuso NUNCA um desafio teu!
Seria um prazer, um privilégio, uma honra, um sonho... seria tão bom!!!
Estou de coração e de portas abertas e, se for preciso, arregaço já as mangas!...
A "malta de Tomar" ficava ao rubro, isso é que haveria de ser...!
Bem, até já estou a imaginar umas coisas!... ;)
Nao me provoques... ou então... "bora lá"! ;) :)

Margarida Fonseca Santos disse...

Tu não precisas de provocações!
Mas em relação a apresentar aí o livro novo, porque não?
Mas ainda falta muito tempo... Só lá para Setembro é que vamos vê-lo cá fora...
Um beijinho grande

Prof. Dália Santos disse...

Considera-me candidata a organizadora do lançamento!
Seria muito bonito, pois, como sabes, esse livro é muito importante para mim!
Falaremos com calma e de viva voz, mas a candidatura tomarense está formalmente lançada! ;)
Beijinho carinhoso!
P.S.: Espero que a nascente do meu Nabão esteja a acolher-te como mereces... até porque, como o Carlos Trincão bem explicou, os contos acalmaram o rio e intercederam para que as suas águas te sejam favoráveis!... Ai a "malta de Tomar"...! :)

Margarida Fonseca Santos disse...

Estamos conversadas!!!
Olha, não fui... Acho que foi a primeira vez que cancelei qualquer coisa! É que eu ia lá porque estava 2 dias em Leiria, mas aí houve desistências e não fazia sentido tantos quilómetros para estar meia hora ou coisa parecida numa feira do livro. Fiquei aborrecida, confesso que não faz nada o meu género. Mas estou no fim das forças, já não consigo puxar mais...
Um grande beijinho, miúda!

Carla disse...

Lançar livro??? Onde??? Quando???? A que horas???? Posso reservar já??? Uma pessoa distrai-se dois dias e é isto, põem-se logo aqui com conversas e as minhas agora não vão fazer sentido nenhum, que maçada!
Bem, o que eu queria dizer é que estou a vibrar com a possibilidade desse lançamento. Não se fiquem só pelos projectos.
Já sei, vou criar um movimento no facebook: "Eu faço parte do grupo que apoia a candidatura Tomarense ao lançamento do próximo livro de Margarida Fonseca Santos e Rita Vilela"... :-)

Margarida Fonseca Santos disse...

Vocês são um doce!!!
Como é que podíamos não ir até Tomar mostrar o novo livro, os novos contos, hã?! Como?!
Azar o vosso - trataram-nos como princesas, agora não queremos outra coisa!
Portanto, lá para o Outono, preparem-se: os contos voltam a atacar-vos!
Um beijo enorme, Mekinha!