Dia Internacional do Livro Infantil

Uma história em 77 palavras, com ilustração de Francisca Torres, e que saiu na revista
Pais&Filhos há uns anitos...
Porque a leitura faz voar

Era uma vida simples de lagarta. Acordar, comer, rastejar, conversar… Vivia entretida no meio das folhas, tinha tudo o que precisava.
Certo dia, quis viver num mundo só seu. Construiu um casulo e isolou-se. Mas não estava triste. Numa cabeça de lagarta, não há tristeza. Assim ficou, imaginando-se linda… Que tonta!
De repente, apeteceu-lhe romper tudo e… voar?! Nova tontice, pensou. As lagartas não voam… Ai não?, perguntou a Natureza. Voam, pois.
E voou, não conseguiu resistir!

CANTASTÓRIAS - De cor e salteado 2015

Aqui ficam as datas e locais, guardem na agenda!!!

Leiria – 28 março – 16h00
Teatro Miguel Franco  

Coimbra – 11 abril – 16h00
Auditório do Conservatório de Música de Coimbra

Guimarães – 9 Maio – 16h00
São Mamede - Centro de Artes e Espetáculos de Guimarães

Portalegre – 6 junho – 16h00
Centro de Artes do Espectáculo de Portalegre

Santa Maria da Feira – 3 outubro – 16h00
Cineteatro António Lamoso

Castelo Branco – 7 novembro – 16h00
Cine-Teatro Avenida

Loulé – 5 dezembro – 16h00
Cine-Teatro Louletano

São três, as personagens: a Música, a Matemática e a Língua Portuguesa vão estar em palco e, importantes como sabem que são, cada uma vai mostrar que é a mais absolutamente fundamental na vida das pessoas. Só que…
Só que… já imaginou um mundo com Matemática, mas sem palavras nem ritmos? Ou um mundo de Música, mas sem organização matemática? Ou com as palavras, mas sem a harmonia dos sons?
Pois! Isso mesmo é o que as crianças e os adultos irão perceber neste espetáculo, com muitas músicas, palavras e até…  uma banda de rock, ao vivo!
Estreado em 2014, este espetáculo original tem textos e músicas de Margarida Fonseca Santos e orquestrações de Francisco Cardoso.

Se mora em Leiria, Coimbra, Guimarães, Portalegre, Santa Maria da Feira, Castelo Branco ou Olhão prepara-se! O Cantastórias - De Cor e Salteado vai mesmo à sua cidade 

Quem faz o Cantastórias – De Cor e Salteado?


As Personagens/Músicos
Maestro – Filipe Valentim (voz/saxofone/flauta)
Palavra – Carmina Repas (voz/viola de gamba)
Tabuada – Alexandra Pedro (voz)
Os músicos
Carlos Garcia – piano/clarinete
Paulo Carvalho – percussão/guitarra

Agenda e cursos

Agenda

Falando do livro "De Zero a Dez" em 2015
28 Abril - Tertúlia Literária em Sousel


Comunicações e pequenos workshops:
16 de Maio - Castelo Branco - Curso de Treino Mental para músicos

Cursos
Escrevi uma história para crianças - como posso melhorá-la? - Booktailors
Datas: novas datas em breve
Veja tudo aqui

Na Fábrica das Histórias (Torres Vedras), com a Associação Educativa para o Desenvolvimento da Criatividade:
A Escrita Criativa na Escola - Crescer a Escrever - online - a decorrer
Março 4 (presencial, 17h/19h30), 11, 18; Abril 8, 15, 22, 29; Maio 6, 12 e 20 - 19h/21h30
25 horas em ensino à distância, online – 1 crédito Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário (Todos os grupos); na Sede da Fábrica das Histórias (com o apoio da AEDC)



Na Associação Educativa para o Desenvolvimento da Criatividade:
O Outro lado das Palavras - A Escrita Criativa para ajudar a crescer - PRESENCIAL
JULHO 1, 2, 3 6 E 7 - 9h/14h
25 horas PRESENCIAL – 1 crédito Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário (Todos os grupos); Lisboa – Sede da AEDC (Entrecampos)
Online
"Agarra-me esse texto! - escrita criativa para adolescentes (4 semanas
Escrever para Crianças I (11 semanas);
Escrever para Crianças II (11 semanas);
Escrever para Jovens (13 semanas)
Cursos Low Cost (5 semanas):
EscreverEscrever dois cursos online:

  
Responsável pelos módulos de escrita para crianças em:
Curso de Escrita Literária (Restart).

Bicho faz-de-conta - Antena 1

Gravação gentilmente cedida pela Antena 1 - leitura de Raquel Morão Lopes

OUVIR

Era uma vez um bicho faz-de-conta…
Não, não era um bicho-de-conta, era mesmo um bicho faz-de-conta! Passava os dias a fazer de conta que era grande, ou que era pequeno, ou peludo, ou careca, ou feroz… Às vezes até fazia de conta que era um bicho-de-conta, coisa que não era – era um bicho que ninguém conhecia. Tinha nascido de um lápis afiado, e a borracha branca acarinhava-o muito.
Dizem que é imaginado! Vocês acreditam? Pois… eu também!

(texto: Margarida Fonseca Santos; ilustração: Francisca Torres)

Esta história saiu na revista Pais & Filhos em Maio de 2011, na rubrica histórias em 77 palavras que deu origem ao blogue (www.77palavras.blogspot.com) e cuja ilustração, da Francisca Torres, serve hoje de rosto a este projecto.
Imaginem, foi hoje lida pela Raquel Morão Lopes no noticiário das 9h da Antena 1. Porquê? Porque se falava do 1º Encontro de Literatura Infanto-Juvenil da Lusofonia, tendo como comissário José Fanha.
Ora, a Antena 1 foi a casa do meu programa Bicho-de-Conta, com Filomena Crespo e Mª José Dionísio, assistência de Umbelina Dias. Dois anos de histórias, de entrevistas e muitas amizades, uma delas a do José Fanha, que provocou tal reacção nos ouvintes que, na semana seguinte, estivemos todo o programa a ler textos provocados pelos desafios que lançou aos ouvintes.