Agenda e cursos

Agenda

Falando do livro "De Zero a Dez" em 2015
21 de Fevereiro - 17h - Fnac Almada, com Lurdes Barbosa, enfermeira do hospital de dia de reumatologia do Garcia d'Orta


Comunicações e pequenos workshops:

Nas Correntes d'Escritas - nas escolas e na Mesa 7, 
sábado dia 28 de Fevereiro às 15h30




Contos
(a marcar)


Cursos
Escrevi uma história para crianças - como posso melhorá-la? - Booktailors
Datas: novas datas em breve
Veja tudo aqui

Na Fábrica das Histórias (Torres Vedras), com a Associação Educativa para o Desenvolvimento da Criatividade:
A Escrita Criativa na Escola - Crescer a Escrever - online
Março 4 (presencial, 17h/19h30), 11, 18; Abril 8, 15, 22, 29; Maio 6, 12 e 20 - 19h/21h30
25 horas em ensino à distância, online – 1 crédito Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário (Todos os grupos); na Sede da Fábrica das Histórias (com o apoio da AEDC)



Na Associação Educativa para o Desenvolvimento da Criatividade:
O Outro lado das Palavras - A Escrita Criativa para ajudar a crescer - PRESENCIAL
JULHO 1, 2, 3 6 E 7 - 9h/14h
25 horas PRESENCIAL – 1 crédito Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário (Todos os grupos); Lisboa – Sede da AEDC (Entrecampos)
Online
"Agarra-me esse texto! - escrita criativa para adolescentes (4 semanas
Escrever para Crianças I (11 semanas);
Escrever para Crianças II (11 semanas);
Escrever para Jovens (13 semanas)
Cursos Low Cost (5 semanas):
EscreverEscrever dois cursos online:

  
Responsável pelos módulos de escrita para crianças em:
Curso de Escrita Literária (Restart).

Bicho faz-de-conta - Antena 1

Gravação gentilmente cedida pela Antena 1 - leitura de Raquel Morão Lopes

OUVIR

Era uma vez um bicho faz-de-conta…
Não, não era um bicho-de-conta, era mesmo um bicho faz-de-conta! Passava os dias a fazer de conta que era grande, ou que era pequeno, ou peludo, ou careca, ou feroz… Às vezes até fazia de conta que era um bicho-de-conta, coisa que não era – era um bicho que ninguém conhecia. Tinha nascido de um lápis afiado, e a borracha branca acarinhava-o muito.
Dizem que é imaginado! Vocês acreditam? Pois… eu também!

(texto: Margarida Fonseca Santos; ilustração: Francisca Torres)

Esta história saiu na revista Pais & Filhos em Maio de 2011, na rubrica histórias em 77 palavras que deu origem ao blogue (www.77palavras.blogspot.com) e cuja ilustração, da Francisca Torres, serve hoje de rosto a este projecto.
Imaginem, foi hoje lida pela Raquel Morão Lopes no noticiário das 9h da Antena 1. Porquê? Porque se falava do 1º Encontro de Literatura Infanto-Juvenil da Lusofonia, tendo como comissário José Fanha.
Ora, a Antena 1 foi a casa do meu programa Bicho-de-Conta, com Filomena Crespo e Mª José Dionísio, assistência de Umbelina Dias. Dois anos de histórias, de entrevistas e muitas amizades, uma delas a do José Fanha, que provocou tal reacção nos ouvintes que, na semana seguinte, estivemos todo o programa a ler textos provocados pelos desafios que lançou aos ouvintes.

Café Literário - 10 de Fevereiro, Covilhã

Estará comigo, para falarmos do livro De Zero a Dez, estará a Dra Soraia Ferreira, Psicóloga no Centro Hospitalar Cova da Beira, a trabalhar directamente com o serviço de Reumatologia.

Apareçam!
Pastelaria Leveda

Conversa sobre De Zero a Dez








Na quarta dia 24 de Janeiro, estarei com Catarina Marques - a grande dinamizadora do Núcleo da Dor na LPCDR e organizadora desta exposição - na Fnac de Alfragide.
No meio das fotografias extraordinárias desta exposição, falaremos do meu romance De Zero a Dez, às 19 h.
Sintam-se todos convidados!

Ávila, dia 14 de Janeiro


Na quarta-feira, dia 14 de Janeiro, estarei na reunião anual da UCB - o laboratório que permitiu à LPCDR que se comprassem livros para os doentes com menos possibilidades financeiras e que pagou a tradução e produção do livro De Zero a Dez para castelhano e inglês, para que chegue a mais doentes.

Falarei do livro e da visão do doente acerca das estratégias de vida, de medicação, de conforto e de segurança na relação com os profissionais de saúde.

Obrigada, UCB, especialmente as duas pessoas que sempre me têm acarinhado e chamado para estes passos entre instituições e doentes: Dra. Leonor Avó e Dr. António Charrua.